Contador adicinado em Janeiro / 2008

Friday, May 15, 2009

Hilary Interview to Nylon Magazine

THE INSIDER: HILARY DUFF
The actress likes skinny jeans, Bonnie Parker, and Passion Pit...just like us.
Here’s what you may know about Hilary Duff: Disney Channel princess, chart-topping singer, gossip rag regular.
But that’s not all. The 21-year-old actress loves leather jackets, teenage rebels, and Passion Pit. Which makes her a lot more similar to us than we thought. Just days before she joins the AIDS Walk in New York City, we caught up with Duff on the top of the Empire State Building to talk about giving back, joining the cast of the Bonnie & Clyde remake, and partying to killer indie rock. Turns out, this is one good girl who just might know a thing or two about playing bad.
Our generation sometimes gets a bad rap for not being very involved in volunteer work—do you think it’s deserved?
I think it needs to change. It’s nothing I want to shake my finger at, because you don’t get results that way. As a young person, life is stressful; your job is stressful, trying to have any type of social life is hard, you’re tired at the end of the day, you never have enough money to get this or that. We do a really good job of having sob stories for ourselves, when there’s a lot more need out there and a lot more people who have it harder than we do. Doing really simple things can actually be fun and be so rewarding. I don’t want to keep beating it into people, but it’s true. If you find one thing you feel passionate about, give back or volunteer once a week.
What will you be listening to when you’re completing the AIDS Walk this Sunday?
I love MGMT; I’m still really into them. I like Kate Nash, I love Lily Allen’s new record, I still love Morrissey—he’s my all-time favorite. And I really like this new band Passion Pit.
Your line for DKNY, Femme, comes out this fall. What can we expect?
We did two pairs of jeans this season—it’s kind of a selfish line, because it’s skinny jeans, which look the best on me. One thing I wanted was multiple-size belt loops, because sometimes I want to wear a skinny little belt wrapped around a million times, or sometimes I want to wear a really fat one that won’t ever stay in place, slung low. So it just has a lot of options. There’s other stuff, too, like little shrunken leather jackets. I wanted the stuff to be smart.
What was your inspiration for the line?
Just normal girls. I’ll be walking down the street and think, oh she looks cute! Especially being in New York is nice, because everyone has such unique styles. And it’s not people who have a ton of money or have a huge closet, but it’s people wearing what they love and having a unique way of putting it together. That inspired me.
You’re about to start shooting for The Story of Bonnie and Clyde. How is it preparing to play Bonnie Parker?
I’m really excited! I think it’s going to be really beautiful. We’re shooting in the South, and we want to really show how hot and dry [it is]…and the clothes! It’s a tragic love story, and that’s what we want to get across. And, also, how young they were. People don’t realize that they were, like 18 years old doing this. In the version in ’67, with Faye Dunaway and Warren Beatty, they were already adults, but Bonnie and Clyde were actually teenagers. So they were very ahead of their time. They were rebels, you know?
Is it harder or easier to take on a role that’s already been established?
I think that it’s a mixture of both. Obviously Faye Dunaway was amazing in that version, but I don’t want to be exactly like that. I’m trying to do as much research as I can on who Bonnie was. She was a very sweet, likeable girl that the whole town loved, and she was always daydreaming about who was going to come take her away, and how she was going to have a life that means more. So she is kind of the girl-next-door that got herself in a lot of trouble.
Are you anything like Bonnie?
I think that it’s going to be really fun, because she is different from me. I think I have a sane outlook on life, and don’t really get myself in too much trouble!
REBECCA WILLA DAVIS
--------------------------------------------------------------------------------------------------
A atriz gosta de skinny jeans, Bonnie Parker, e Passion Pit...como a gente.
Aqui está o que voce pode saber sobre Hilary Duff: princesa da Disney Channel, top das listas de cantoras, sem escandalos.
Mas isso nao é tudo. A atriz de 21 anos ama jaquetas de couro, adolescentes rebeldes, e Passion Pit. O que faz dela um pouco mais parecida com a gente, do que pensavamos. Alguns dias atrás ela entrou para AIDS Walk na cidade de NY. Nós encontramos com Duff no Empire State Building para falar sobre caridade, a entrada no elenco de Bonnie e Clyde. Mudando de assunto, essa é uma boa garota que pode saber uma ou duas coisas sobre ser rbd.
Nossa geraçao algumas vezes ganha uma má reputaçao por nao fazer trabalho voluntario. Voce acha que é merecido?
Eu acho que isso precisa mudar. Nao que eu queira mudar tudo com meu dedo, porque voce nao consegue nada desse jeito. Como uma pessoa jovem, a vida é estressante, seu trabalho é estressante, tentar ter qualquer tipo de vida social é dificil, voce está cansado no fim do dia, voce nunca tem dinheiro o bastante pra isso ou para aquilo. Nós fazemos realmente um bom trabalho de ter historias emocionantes para nós mesmos. Quando tem mais do que se precisa lá e mais pessoas que conseguiram aquilo com mais dificuldade que a gente. Fazer coisas simples, na verdade, pode ser divertido e tão recompensante. Eu não quero ficar martelando isso para as epssoas, mas é verdade. Se voce achar uma coisa que voce se sinta apaixonado, doe ou trabalhe voluntariamente uma vez por semana.
O que você vai estar ouvindo quando estiver na AIDS Walk nesse domingo?
Eu amo MGMT, ainda ouço muito eles. Eu gosto de Kate Nash, eu amo o novo album da Lily Aleen. Eu ainda amo Morrisey, ele é meu passatempo favorito. E eu gosto mesmo dessa nova banda Passion Pit.
Sua linha de roupas para a DKNY, Femme, vem nesse outono. O que podemos
esperar?

Nós fizemos dois pares de jeans nesta temporada, é meio que um tipo egoísta, porque é skinny jeans, o que fica melhor em mim. Uma coisa que eu queria era tamanhos variados de cintos, porque algumas vezes eu quero usar pequenos cintos em mim que dê para dar um monte de voltas, ou algumas vezes quero um bem grande que nao fique no lugar, caindo. Entao, sao muitas opçoes. Tem outras coisas tambem, como jaquetas de couro pequenas. Eu queria as coisas para ser esperta.
Qual a sua inspiraçao para a linha?
Apenas garotas normais. Eu ando nas ruas e penso, "Oh, ela é tao bonitinha!". Principalmente quando estou em NY, porque todo mundo tem estilos unicos. E nao sao pessoas que tem toneladas de dinheiro ou tem uma closet gigante, mas são pessoas que vestem o que elas amam e tem um jeito peculiar de por aquilo tudo junto. Isso me inspira.
Voce está quase começando a filmar "The Story of Bonnie and Clyde". Como é se preparar para ser Bonnie Parker?
Eu estou muito animada! Eu acho que vai ser muito bonito. Nós vamos filmar no sul, e queremos mesmo mostrar o quanto quente e seco [isso é]... e as roupas! É uma historia de amor trágica e é isso que quermos transmitir. E tambem o quanto jovem
eles eram. As pessoas nao percebem que eles tinham tipo 18 anos, fazendo isso. Na
versao de 1967, com Faye Dunaway e Warren Beatty, eles já eram adultos, mas Bonnie e Clyde eram na verdade, adolescentes. Enato eles estavam muito a frente do tempo deles. Eles eram rbd's, voce sabia?
É mais facil ou mais dificil pegar um papel que já foi feito?
Eu acho que é uma mistura dos dois. Óbvio que Faye Dunaway foi incrivel naquela
versao, mas eu nao quer ser exatamente como aquilo. Eu estou tentando fazer mais
pesquisas sobre como Bonnie era. Ela era muito doce, menina amavel que toda a
cidade amava, e ela estava sempre sonhando com quem iria fugir com ela, e como ela
ia ter uma vida que significasse mais. Entao ela é o tipo de garota que se mete em
um monte de problemas.
Voce se parece um pouco com Bonnie?
Eu acho que isso vai ser muito engraçado, porque ela é diferente de mim. Eu acho que eu tenho uma visao da vida sã, e realmente nao me meto em confusao!
Source: Nylonmag / Traduçao Bruno

No comments: